Carta de apresentação


O SECRETO MILAGRE DA POESIA

Sentimo-nos bem com seu contacto.
Disertamos sobre as suas maravilhas.
Auscultamos pequenas portas do seu mistério
e chegamos a perder-nos com prazer
no remoínho do seu interior.
Apercebemo-nos das suas fragilidades e manipulações.
Da sua extrema leveza.
Do silêncio de sangue e da sua banalização.

Excerto

in Rosa do Mundo

23 de agosto de 2015

Giorgio Bassani: À amada


























Possuir-te por trás  ̶  digo-o em todos
os sentidos  ̶  resulta sempre
proveitoso ou pelo menos
um acontecimento sublime que pode conduzir ou não
direito a Deus

Então porquê envergonhar-me depois de tantos anos Te lucis ante?
Por que não haveria de escrever
também para ti meu novo e estólido Deus
estas novas palavras?



Giorgio Bassani
Itállia, Bolonha 1916 – Roma 2000
in Qual é a tua ou a minha língua?
Editor: Assirio & Alvim
photo by Google
Enviar um comentário