Carta de apresentação


O SECRETO MILAGRE DA POESIA

Sentimo-nos bem com seu contacto.
Disertamos sobre as suas maravilhas.
Auscultamos pequenas portas do seu mistério
e chegamos a perder-nos com prazer
no remoínho do seu interior.
Apercebemo-nos das suas fragilidades e manipulações.
Da sua extrema leveza.
Do silêncio de sangue e da sua banalização.

Excerto

in Rosa do Mundo

28 de março de 2016

cantodaalma: Teixeira

" Teixeira "

Famosa pelo seu doce
De norte a sul de Portugal,
É o orgulho do seu povo
Como ela não há igual.

Velhas casinhas, de branco vestidas
Andorinhas à janela,
Formosa que o rio beija
Oh! Que paisagem tão bela.

Filha de Baião
Aos pés do Marão sentada

Terra que me viu nascer

Teixeira, tu és para mim,
Princípio, meio
e fim.




cantodaalma
(pseudónimo de José Miranda )
foto do autor
Enviar um comentário